• 10/04/2017 16:14
  • 0 Comentários
  • 46 Visualizações

Contra o Peñarol, Eduardo terá volta de Jean para formar time ideal

O Palmeiras faz mistério sobre o time que entrará em campo nesta quarta-feira, contra o Peñarol. O Verdão fechou a maior parte das atividades desta segunda-feira e fará um treinamento fechado para a imprensa nesta terça. Apesar disso, a tendência é de que a equipe tenha a mesma formação que encarou o Novorizontino pelas quartas de final do Campeonato Paulista, com o reforço do lateral-direito Jean.

“Tivemos um tempo hábil de recuperação (desde o jogo contra o Novorizontino, sexta-feira). Demos folga sábado para os jogadores curtirem a família… No jogo, tínhamos a previsão que o Guerra não suportaria 90 minutos, mas quando pensamos em mexer, ele aumentou o nível de atuação, fez uma de suas melhores partidas. Algumas alterações foram visando a quarta-feira e a próxima fase”, afirmou o técnico Eduardo Baptista.

Única dúvida de Eduardo Baptista para definir a escalação do Palmeiras contra o Novorizontino, Alejandro Guerra participou bem das ações ofensivas do Verdão, e deu assistência para Miguel Borja anotar o segundo gol no triunfo por 3 a 0. Mesmo assim, o venezuelano é quem mais corre riscos de deixar a equipe caso haja uma alteração por conta do retorno de Róger Guedes após suspensão.

Existe ainda a possibilidade de o lateral Jean retornar contra o Peñarol. O atleta ficou duas semanas afastado dos treinos em observação por conta de uma fissura no pé direito, mas já treinou com o grupo. Assim, a tendência é que o Verdão entre em campo com Fernando Prass; Jean (Fabiano), Edu Dracena, Yerry Mina e Zé Roberto; Felipe Melo; Willian, Tchê Tchê, Guerra (Róger Guedes) e Dudu; Miguel Borja.

A Copa Libertadores é o grande objetivo do Palmeiras na temporada. Nesta quarta-feira, a equipe recebe o Peñarol, em sua volta ao Palestra Itália, às 21h45 (de Brasília), pela terceira rodada da fase de grupos do torneio sul-americano, e os alviverdes pregam seriedade durante a ótima fase para não serem surpreendidos na Arena.

“Esse favoritismo tem que ser após os 90 minutos. Palmeiras é favorito quando prova no campo. Não passa de palavras se não tiver organização. Se jogar como na sexta-feira, vamos ser sempre favoritos. Dentro do grupo, sabemos que temos que brigar”, completou.

“Tem que manter o bom ritmo para o jogo de quarta-feira. Sempre temos o que melhorar, mudar o jeito de jogar para não ficarmos marcados. Jogar no Palmeiras já tem essa responsabilidade. Respeitamos os outros clubes, mas sabemos que temos um elenco muito bom”, afirmou o volante Tchê Tchê.

Fonte: Gazeta Esportiva

Notícias Relacionadas

Comentários