• 11/03/2015 08:05
  • 0 Comentários
  • 1.733 Visualizações

Com patrocínio inusitado renovado por mais dois jogos, Botafogo encara o Tigres

Clube teve patrocínio diferente na camisa nas duas últimas partidas pelo Campeonato Carioca

LANCEPRESS! - 11/03/2015 - 08:01 Rio de Janeiro (RJ)


Marca da empresa seguirá estampada (Foto: Wagner Meier/Lance!Press)

Mais do que uma simples competição, o Campeonato Carioca serve ao Botafogo como cartão de visita para a principal meta do ano: o acesso à Série A. Para isso, o clube precisa rechear os cofres, em busca de tocar a vida e reforçar a equipe. Ainda sem patrocinador master, a série de patrocínios pontuais, que tem dado certo fôlego financeiro ao Glorioso, prossegue nesta quarta-feira, quando o time enfrenta o Tigres, no Estádio Nilton Santos, às 19h30, com transmissão em tempo real pelo LANCE!.

A Casa & Video, patrocinadora responsável pelo polêmico e inusitado anúncio nas costas da camisa alvinegra, estendeu o vínculo com o clube. A empresa vai estampar o uniforme por mais dois jogos, sendo o primeiro deles contra o Tigres, nesta quarta, e domingo, no jogo diante do Resende. A ideia é avaliar a exposição da marca em partidas contra equipes de menor expressão.

Muito criticada por alguns torcedores nas redes sociais, a ação do departamento de marketing do Botafogo tem se mostrado eficiente, neste início de temporada. Além de dar o que falar, os acordos com os cinco patrocinadores renderam cerca de R$ 800 mil ao clube, na soma das duas últimas partidas do Glorioso no Carioca – clássicos contra Flamengo e Fluminense. Esta quantia é superior, por exemplo, ao valor que o clube arrecadou com a renda dos clássicos. Na soma destes jogos, o Alvinegro ficou com cerca de R$ 327 mil das bilheterias.

Para se ter uma ideia de como estes patrocinadores pontuais são boa fonte de renda, o acordo que o Glorioso assinaria com a Viton 44, que seria o master deste ano, era de aproximadamente R$ 9,5 milhões. Tendo em vista todos os jogos que o Alvinegro fará nesta temporada, o pagamento seria de cerca de R$ 140 mil por partida. Ou seja, os R$ 800 mil dos clássicos são boas cifras.

Para os jogos contra times de menor expressão e sem transmissão aberta de TV, os valores são menores, mas representativos. Agora é torcer por vitórias e mais dinheiro nos cofres do clube.

Fonte: Lance! Net

Notícias Relacionadas

Comentários