• 23/04/2017 21:18
  • 0 Comentários
  • 41 Visualizações

Roger agradece apoio dos jogadores do Atlético-MG e vê trabalho bem feito

Roger agradece apoio dos jogadores do Atlético-MG e vê trabalho bem feito

O técnico Roger Machado foi quem mais recebeu pressão nos últimos dias, pelos resultados ruins do Atlético-MG no primeiro jogo da semifinal do Mineiro, com a URT, e contra o Libertad, pela Copa Libertadores. Com o trabalho já contestado por parte da torcida, os jogadores saíram em defesa do comandante, ainda no Paraguai, após a derrota para o Libertad.

E isso ficou claro neste domingo, na classificação do Atlético à final o Mineiro. No triunfo por 3 a 0, sobre a URT, os dois primeiros gols foram marcados por Rafael Moura e Robinho, que foram comemorar com o treinador, no banco de reservas. Algo que serve como uma motivação especial para Roger, que vê o trabalho bem feito na Cidade do Galo.

"Isso é mito importante. De um modo geral, nossa amizade é a vitória. Nos momentos de adversidade, o treinador e os jogadores vão ser pressionados. Tem um senso comum de quando não se joga bem e não se ganha, de que não teve esforço. Mas não é assim, do outro lado também tem um adversário. Por entender a necessidade de continuidade do trabalho, e no começo as coisas são instáveis, os atletas resolveram mostrar apoio ao treinador. Isso me reforça para continuar trabalhando".

Quando Robinho marcou o segundo gol, aos 12 minutos da etapa final, não só o atacante foi abraçar o treinador. Todos os jogadores do Atlético correram em direção ao banco de reservas, para mostrar apoio ao técnico. Robinho também fez questão de elogiar o trabalho de Roger Machado.

"A gente sabe que a pressão jogando no Atlético é muito grande, pelo elenco que temos, pela camisa que vestimos. Está todo mundo junto, quando ganha ou perde e quando joga mal. Estamos começando um trabalho. O Roger é um excelente treinador e está fazendo o seu melhor. Nós jogadores estamos procurando nos adaptar a cada jogo e a cada treino", comentou Robinho, que vê o Atlético em evolução.

"O time está numa crescente, estamos em começo de temporada, a cobrança é muito grande, mas estamos indo rumo a um dos nossos objetivos que é ser campeão mineiro. Temos que continuar até o final, na Libertadores. A comemoração com o Roger foi um agradecimento à confiança que ele passa aos jogadores. O grupo está unido nas vitórias, nos empates e nas derrotas também".

Fonte: UOL Esporte

Notícias Relacionadas

Comentários